Últimas Publicações

Blog

Acompanhe as novidades publicadas pelos especialistas SECITOR e Clínica do Suor.
Secitor-site-Adenocarcinoma.jpg

28 de janeiro de 2020 Artigo

O câncer de pulmão é uma doença muito relacionada ao estilo de vida, especialmente quanto ao hábito de fumar, e pode não apresentar alguns sintomas ou parecerem com doenças comuns. Os principais sintomas são tosse, pigarro constante, falta de ar, chiado no pulmão, presença de sangue no escarro, dor no peito, perda rápida de peso e de apetite.

Além do tabagismo por um longo período, são fatores de risco importantes: inalação de alguns agentes químicos e de poeira, poluição do ar, ser fumante passivo, entre outras. Algumas doenças também predispõem à malignidade, como a tuberculose e a doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC). E fatores genéticos devem ser levados em consideração.

Infelizmente, não é raro ter um diagnóstico é tardio. Por isso, pacientes fumantes com mais de 40 anos de idade ou que sofram de doença pulmonar obstrutiva crônica devem procurar um especialista.

Quando detectado o câncer de pulmão, a cirurgia é o principal meio de cura e, por isso, o cirurgião torácico deve participar de forma multidisciplinar das decisões sobre a condução de tratamento contando com o oncologista clínico, pneumologista, radioterapeuta, radiologista, entre outros.

Rastreio com exames de imagem periódicos podem auxiliar na detecção da doença precocemente. Se houver alterações suspeitas de câncer, pode ser preciso fazer uma biópsia, que é a retirada de um pequeno fragmento da área suspeita para análise, que poderá confirmar a presença da doença.

O câncer de pulmão é um tumor que pode alcançar desde a traqueia até a periferia do pulmão, e é uma das principais causas de morte entre as neoplasias no Brasil – a principal causa de morte por câncer entre homens e a segunda maior entre as mulheres. A doença tem alguns subtipos, de acordo com a lesão. Uma delas é o Adenocarcinoma, tipo mais frequente, responsável por cerca de 40% dos cânceres de pulmão, como no caso da apresentadora. Em geral, o tratamento inclui uma intervenção cirúrgica, podendo passar por quimioterapia e outras possibilidades.




Nossa missão


Exercer com excelência a Cirurgia Torácica, com foco no paciente e tratamento humanizado.



Siga-nos


Acompanhe as novidades da Secitor e da Clínica do Suor nas redes sociais.



SECITOR e Clínica do Suor - Todos os Direitos Reservados 2019